segunda-feira, 31 de agosto de 2015

[VMAs 2015]

Ontem chamaram-me a atenção para este evento. Desconhecia que ia acontecer mas fiquei com a pulga atrás da orelha, e como prometi uns comentários às vestimentas, pus-me a ver os VMAs pela madrugada dentro.
Confesso que não vi até ao fim. Nem vi de início. E mudava de canal... Várias vezes. De facto, nunca vi um evento com tanta hipocrisia e falsidade, números feitos, palavras fofinhas a pessoas que sabemos que não se suportam (não há paciência para isto, valha-me deus!) e ainda tivemos que levar com o discurso de dois dias do Kanye West que, depois de uma dose bastante considerável de disparates e lugares comuns, decidiu anunciar a sua candidatura às presidenciais dos EUA em 2020. Podemo-nos rir agora. E o Kaney pode reconsiderar em usar mais um bocadinho de tabaco, caso contrário, pode fazer coisas como a que fez ontem e é chato.

A Miley Cyrus fez, na minha opinião, um bom trabalho. Atingiu o público da noite, se estava nervosa não se notou e, além disso, portou-se melhor do que o costume. Até gostei de ver e até gostei de algumas piadas. Nem todos concordam comigo, claro.

Os números musicais roçam ao péssimo e são definitivamente do pior playback que tenho visto. Mas esta noite foi feita de surpresas. A única atuação que vi e que realmente gostei foi a do Justin Bieber. Nunca pensei dizer isto. O miúdo é um idiota, mas dançou que se fartou. Entreteve muito bem.
Onde é que estão aqueles espetáculos com a Britney Spear, com a Beyoncé, com a Madonna... Aqueles que toda a gente falava durante semanas e faziam revistas durante meses... Agora é só um bando de marmanjos a fazerem figuras tristes (deprimentes!) para ver quem chama mais a atenção. A cara de enfado de alguns era tão óbvia. E mais óbvio ainda eram os vencedores. São sempre os mesmos, não é verdade?

A Taylor Swift limpou aquilo tudo. Mas tenho que dar a mão à palmatória, a rapariga está a dar-lhe forte. O novo videoclipe que lançou ontem no espetáculo foi, talvez, a coisa mais bem feita e bonita da noite. Acho que os prémios foram merecidos. Mas disso, não vou falar porque metade do pessoal que estava lá eu nunca tinha sequer ouvido falar. Sou uma pré-histórica, eu sei. Mas isto tem uma lógica que não é só minha. Os meus amigos da minha idade dizem todos o mesmo: "Agora nunca vejo MTV. Os 10 minutos por dia que passa música são sempre as mesmas. Sempre os mesmos cantores. Já não é o mesmo canal que nós adorávamos e víamos noite e dia há uns 8 ou 10 anos atrás".

Mas pronto, há quem goste. Os novos cantores agradam às massas. A nova programação da MTV não deve de ser assim tão má porque há quem veja. Digamos é que já não é para mim. Prefiro o VH1 quando tenho de limpar a casa, pronto.

Depois deste rol de anotações sobre a noite, já podemos falar das vestimentas que é para isto que cá estamos, não é verdade?

Começamos por a presença mais estranha da noite:
Britney Spears
Ou a alheira com purpurinas. Juro que escolhi a melhor foto dela, mas nem assim se safa. Está tudo mau mas o que me incomoda mesmo são as sandálias que lhe estão apertadíssimas na perna, que não lhe favorece nada e ainda por cima a faz baixinha e gorda. Felizmente não se registou nenhum acidente com as mamas dela durante a noite. Por sorte.

Kanye e Kim
Mas não podemos falar em coisas estranhas sem falar sobre este casal, não é? Eu sei que isto deve de ser embirração - não percebo o fenómeno da Kim. A mulher parece que está sempre com a mesma expressão de enfado - mas havia necessidade de se enchouriçar neste vestido? Havia mesmo? Credo, eu não merecia isto. E nesta foto ela está tão favorecida que vocês nem lhe conseguem ver os mamilos, mas eles estavam lá em força. E as mamas iam até às costas, juro. Estava tudo péssimo, claro. Não posso dizer que o vestido é feio porque até nem é (até acho que o usava) mas nela, nem com dois Avés Marias e três Pai Nossos se salva.

Chrissy e John Legend
Isto sim, é um casal sexy. Normalmente não aprovaria um vestido destes, nem as calças do senhor mas estavam nos VMAs e quem pode, pode. Estavam os dois um arraso.

Vanessa Hudgens
Acho que se enganou na festa. Os VMAs pedem mais arrojo, mas dentro do estilo dela está muito fofa. Acabadinha de chegar da Coachella.

Gigi Hadid
GI-RA-ÇA! Eu sempre digo que basta usarem um vestido amarelo que já estão no meu top. E aqui está a Gigi cheia de pinta, com um modelo fora do normal que eu adorei e que é o único sítio que faz sentido, nesta gala cheia de extravagâncias. Adorei! Estava assim um bocadinho (demais) a brilhar, mas vou ignorar isso e concentrar-me no vestido.


Miley Cyrus
Eu disse que foi uma noite de surpresas para mim. Mal vi a rapariga com este macaco e os queixos não me caíram porque estava deitada. Adorei. Se ignorarmos todo o resto (o bolero absolutamente desnecessários, mas principalmente aqueles brincos do demo) é um jumpsuit lindo de morrer, todo em lantejoulas. Nunca pensei ver a Miley no meu top, mas estávamos nos VMAs e tudo é possível, não é verdade?


[Sticky&Raw]
Facebook | Instagram | 
stickyandraw@live.com.pt

2 comentários:

Catarina Amorim disse...

Não podia estar mais de acordo contigo, em tudo!
ps. só acrescentava a Gaga do parte da Brit, Beyoncé e Madonna :p
Beijinho,
a maior fã da gaga (já sabes quem sou) :) <3

Sticky and Raw disse...

Tens toda a razão! ahahaha Mas foi mesmo por esquecimento e não por não achar que é verdade. A Gaga sabe dar show ;)
Beijocas grandes.